Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Especial Volta ás Aulas

 Especial Volta às Aulas

Cursos online:

Cursos Online - Cursos 24 Horas

Seguidores

Faça sua pesquisa

Pesquisa personalizada

Receba as atualizações gratuitamente:

Deixe seu email para receber as atualizações:

Delivered by FeedBurner

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

facebook 9 blogger

Diorama da Primavera

9 comentários
Olha só esse diorama primaveril, chic não acham? 
Com ele você poderá contar histórias, falar sobre a primavera e etc.
Acompanhe o PAP das imagens:

 
 
  
  
  
  
  
  
  
  
  
 
  
Fonte: http://www.firstpalette.com/

Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.
(I Corintios 10:13)

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

facebook 5 blogger

Bicho papão

5 comentários

A Cabra Cabriola (Bicho Papão), era uma espécie de Cabra, meio bicho, meio monstro. Sua lenda em Pernambuco, é do fim do século XIX e início do seculo XX.
Era uma Bicho que deixava qualquer menino arrepiado só de ouvir falar. Soltava fogo e fumaça pelos olhos, nariz e boca. Atacava quem andasse pelas ruas desertas às sextas a noite. Mas, o pior era que a Cabriola entrava nas casas, pelo telhado ou porta, à procura de meninos malcriados e travessos, e cantava mais ou menos assim, quando ia chegando:
Eu sou a Cabra Cabriola (Bicho Papão)
Que como meninos aos pares
Também comerei a vós
Uns carochinhos de nada...
As crianças não podiam sair de perto das mães, ao escutarem qualquer ruído estranho perto da casa. Podia ser qualquer outro bicho, ou então a Cabriola, assim era bom não arriscar. Astuta como uma Raposa e fétida como um bode, assim era ela. Em casa de menino obediente, bom para a mãe, que não mijasse na cama e não fosse traquino, a Cabra Cabriola (Bicho Papão), não passava nem perto.
Quando no silêncio da noite, alguma criança chorava, diziam que a Cabriola estava devorando algum malcriado. O melhor nessa hora, era rezar o Padre Nosso e fazer o Sinal da Cruz.
Fonte: sitededicas.uol.com.br




"Porque o salário do pecado é a morte, 
mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, 
por Cristo Jesus nosso Senhor." 
(Romanos 6.23)

domingo, 23 de agosto de 2009

facebook 10 blogger

Atividades para o folclore

10 comentários
Segue algumas atividades para trabalhar o folclore:







Fonte: Coleção Dente de Leite Vol. 4.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

facebook 5 blogger

Vamos fazer um currupio?

5 comentários

Confira algumas sugestões de brinquedos e brincadeiras de antigamente para trabalhar o folclore.




Fonte:
Revista Guia Prático para professores de Ed. Infantil Especial Folclore



Lança o teu cuidado sobre o SENHOR,
e ele te susterá; não permitirá jamais que o justo seja abalado.
(Salmos55:22)

sábado, 15 de agosto de 2009

facebook 3 blogger

Fantoches folclóricos de meia

3 comentários

A criançada adora ouvir as histórias do nosso folclore, e nós professores temos muitas vezes que nos "virar nos trinta" para tornarmos nossas aulas cada vez mais criativa e atraente.
Assim sendo, achei essa sugestão que encontrei na Net, (sei que é da revista do Professor Sassá, só não tenho o número e ano), bem interessante pois os fantoches são confeccionados com meias e outros materiais que temos em casa, ou as crianças as tem e poderão levar pra aula.








Curupira
Sereia Iara



As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim;Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. (Lamentações 3: 22,23)

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

facebook 5 blogger

Vitória Régia

5 comentários
A lenda da Vitória Régia

Os pajés tupis-guaranis, contavam que, no começo do mundo, toda vez que a Lua se escondia no horizonte, parecendo descer por trás das serras, ia viver com suas virgens prediletas. Diziam ainda que se a Lua gostava de uma jovem, a transformava em estrela do Céu. Naiá, filha de um chefe e princesa da tribo, ficou impressionada com a história. Então, à noite, quando todos dormiam e a Lua andava pelo céu, Ela querendo ser transformada em estrela, subia as colinas e perseguia a Lua na esperança que esta a visse.
E assim fazia todas as noites, durante muito tempo. Mas a Lua parecia não notá-la e dava para ouvir seus soluços de tristeza ao longe. Em uma noite, a índia viu, nas águas límpidas de um lago, a figura da lua. A pobre moça, imaginando que a lua havia chegado para buscá-la, se atirou nas águas profundas do lago e nunca mais foi vista.
A lua, quis recompensar o sacrifício da bela jovem, e resolveu transformá-la em uma estrela diferente, daquelas que brilham no céu. Transformou-a então numa "Estrela das Águas", que é a planta Vitória Régia. Assim, nasceu uma planta cujas flores perfumadas e brancas só abrem à noite, e ao nascer do sol ficam rosadas.
Origem: Indígena. Para eles assim nasceu a vitória-régia.

Vamos fazer uma Vitória Régia?






Fontes:
http://lendasindios.blogspot.com/
Revista Guia Prático para professores de Ed. Infantil Especial Folclore


Livro indicado.
Compare os preços:




"Por ele, pois, ofereçamos sempre a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome."
( Hb 13:15)


quinta-feira, 13 de agosto de 2009

facebook 3 blogger

Vamos fazer um cofrinho

3 comentários

Com esta sugestão além de ensinar a criançada a poupar e juntar uma graninha, estará ensina também reaproveitar materiais que certamente iriam para o lixo.

Para fazer o cofrinho:
  • caixa vazia
  • papel cartão para a carinha, orelha e focinho
  • olhos móveis grandes (outra sugestão é usar botões)
  • tubo de papel higiênico vazio




Fonte: http://smartbottomenterprises.blogspot.com/


Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos,
e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

(1 Co 13: 1)

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

facebook 5 blogger

Almofada criativa

5 comentários
As crianças de hoje aprendem a um ritmo estonteante, e ainda mais quando elas podem se beneficiar de orientação dos adultos.


Este travesseiro é muito fácil de fazer, pode ser decorado com as letras de seus nomes assim, elas aprendem a escrever seus nomes e de qualquer outra palavra que você deseja.
Os materiais que você irá precisar são:
  • Feltro (cor a escolha).
  • Almofadas individuais.
  • Botões coloridos.
  • Agulha e linhas coloridas
Para começar a trabalhar você deve fazer um molde com as letras que você precisa.
Tenha em mente o tamanho do travesseiro para definir o tamanho que você vai ter os moldes.




Fonte: http://www.guiademanualidades.com

"Felizes são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam."
(Lucas 11 28)