Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Especial Volta ás Aulas

 Especial Volta às Aulas

Cursos online:

Cursos Online - Cursos 24 Horas

Seguidores

Faça sua pesquisa

Pesquisa personalizada

Receba as atualizações gratuitamente:

Deixe seu email para receber as atualizações:

Delivered by FeedBurner

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

8 blogger

Arte Naïf



Biografia

O termo Naïf vem do latim e quer dizer nativus, aquilo que é natural. A arte naïf, também conhecida como arte ingênua, é o estilo a que pertence a pintura de artistas sem formação acadêmica. Sem modelos os naïfs, enfocam os temas mais variados, predominando cenas da vida cotidiana (rurais e urbanas), geralmente com minunciosas descrições, detalhismo, pureza de traços, cores e formas.
Caracteriza-se, pela simplicidade e pela falta de alguns elementos presentes na arte produzidas por artistas com formação nessa área. O artista é autodidata e não se preocupa em preservar as proporções naturais das figuras representadas. Ele começa a pintar por impulso e desenvolve suas técnicas com meios próprios.
A história da pintura naïf está relacionada ao principal artista desta arte, o francês Henri Rousseau (1844-1910). Seu trabalho despertou admiração de Odilon Redon, pablo Picasso, Paul Gaguin, Robert Delaunay, e outros artistas e intelectuais da época.

Colocando em Prática:

Image Hosted by ImageShack.us

Objetivo: Valorizar a Arte Naïf identificando suas características e peculiaridades.
Tema Abordado: Arte Naïf
Áreas do Conhecimento: Educação Artística e História da Arte

Materiais:
  • tampas de caixas de sapatos
  • papel amarelo
  • retalhos de tecidos
  • cola pano
  • tinta relevo em várias cores
  • tesoura sem pontas
  • lápis
Image Hosted by ImageShack.us


Passo a passo
  1. Encape a tampa de papelão com papel amarelo, aplicando cola pano.
  2. Cole na tampa, aplicando cola pano.
  3. Decore com as tintas relevo coloridas. Deixe secar.



Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Fonte: Revista do Professor Sassá